O momento certo

Amanhã pode ser tarde….
Ontem?… Isso faz tanto tempo!…
Amanhã?… Não nos cabe saber…
E amanhã pode ser muito tarde…
Amanhã pode ser muito tarde…
para você dizer que ama,para você dizer que perdoa,para você dizer que desculpa,
para você dizer que quer tentar de novo…
Amanhã pode ser muito tarde para você pedir perdão, para você dizer:
Desculpe-me, o erro foi meu!…
O seu amor, amanhã, pode já ser inútil.
O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso.
A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada.
A sua carta, amanhã, pode já não ser lida.
O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário.
O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços…
porque amanhã pode ser muito… muito tarde!
Não deixe para amanhã para dizer:
Eu amo você! Estou com saudades de você!
Perdoe-me! Desculpe-me!
Esta flor é para você!
Você está tão bem!
Não deixe para amanhã o sorriso, o abraço, o carinho, o trabalho, o sonho, a ajuda…
Não deixe para amanhã para perguntar:
Por que você está triste? O que há com você?
Hei!… Venha cá, vamos conversar…
Cadê o seu sorriso? Ainda tenho chance?…
Já percebeu que eu existo?
Estou com você, sabe que pode contar comigo…
Cadê os seus sonhos? Onde está a sua garra?
Amanhã pode ser tarde… muito tarde!
Amanhã, o seu amor pode não ser preciso.
o seu carinho pode não ser mais precioso,
o seu amor pode ter encontrado outro amor,
o seu presente pode chegar muito tarde.
O seu reconhecimento pode não ser
recebido com o mesmo entusiasmo!…
Só o hoje é definitivo!
Amanhã pode ser tarde… muito tarde!…
O dia é hoje e o momento é agora!

Charles

Anúncios

http://clubedeautores.com.br/book/8752–O_que_sera_do_amanha

Meu primeiro Lançamento

http://clubedeautores.com.br/book/8752–O_que_sera_do_amanha

A difícil trajetória da dependência química

Por: Dulciléa Souza da Silva

Ficamos mais sensíveis, impotentes e no ardor do desespero, o coração se rasga, as palavras já não cabem como consolo e na procura desesperada de um porque, nada encontramos e como num jogo de bate e volta, a solução não se apresenta. Resta-nos continuar lutando, mesmo cansados, então, engolindo a própria dor, prosseguimos, na esperança de um tempo melhor.

R$ 30,72

Autor: Dulciléa Souza da Silva
Tema: Biografia.
Palavras-chave: drogas.
Número de páginas: 90
Peso: 130 gramas
Edição: 1 (2009)
Acabamento da capa: Papel supremo 250g/m², 4×0, laminação fosca.
Acabamento do miolo: Papel offset 75g/m², 1×1, cadernos fresados e colados
A5 Preto e Branco.
Formato: Médio (140x210mm), brochura com orelhas.
Publicado em Sem categoria.

Imagino sua forma, mas ela não me é concreta…

Uma coisa abstrata é algo que você não tem noção de forma, que é o caso do amor…pois ninguém sabe qual é o formato,a fisionomia do amor…
abstrato também é o contrário de concreto que significa coisas que temos noção de como são o seu formato…..
Agora uma pergunta…
Apesar de nunca termos visto DEUS e independente da sua fé, Ele é concreto ou abstrato?

Quando não mais pudermos acreditar na existência de DEUS, não poderemos também existir

A Bíblia é clara, mas o homem é incrédulo

Quando não mais pudermos acreditar na existência de DEUS, não poderemos também existir.

Os sinais são claros e estão todos os dias a frente de nossos olhos, tudo está se cumprindo conforme a Bíblia nos mostra.

Agora o homem vai mexer com a lua, pra quê mexer com a lua? DEUS já nos deu a terra e nós a estamos destruindo. Acredito que a natureza venha buscar de volta o que dela foi tirado, não será o fim do homem, mas o fim dos tempos.

Deus precisa e vai intervir!

A ciência explica tudo isso, mas nunca conseguiu explicar DEUS.

Porque será?